segunda-feira, 2 de julho de 2007

certas pessoas merecem...



Oi,

Acontece comigo quase que todos os dias que eu ando por São Paulo.... encontrar certas pessoas que merecem ser desenhadas (os velhinhos e velhinhas em especial)...

Esse aí é o Sr. que vende os bilhetes de zona azul aqui em frente a Quanta (escola que eu trabalho e dou aulas)... ele é uma figura e ainda tem um toque especial, várias tentativas mal sucedidas de escrever "zona azul" no seu colete, é ótimo... parece até inventado.

Estou de olho em mais alguns transeuntes que cruzam o meu caminho... tem um pintor que fica vendendo os seus quadros em frente ao parque Buenos Aires que também é perfeito... assim que eu der uma boa olhada nele faço um desenho.

É isso.

até mais,

K.lil

8 comentários:

.sisters. disse...

Hihihihihihihi
Curti o desenho.
Mas curti mais o daki de baixo. dos Hamsters. sim eles são fofinhos. cuti cuti ^^.

Passando só pra prestigiar mesmo.

Vera

Amanda Grazini disse...

Ehhhh!!!

Estou adorando seus tons de pele que vc anda fazendo no Photoshop!

Heheheh!

ótima idéia!!

Vc podia desenhar o povo da Quanta com esse teu novo estilo!Que acha?

Bjozzz my friend!

Hwang disse...

Hahahahaha... muito bom cara, to ligado quem é esse dai, é bem figura mesmo.
Muito bom cara, teu trampo ta indo pra um caminho muito foda!!!
Parabéns!!

Amilcar

leo fanelli disse...

hahahahahaha, é verdade meu, tem gente q merece ser desenhada mesmo!!! esse tio ficou d+, muito foda... eu tmbm as vezes desenho alguem na rua, mas cebe quando a pessoa pereu paro xD

Naomi disse...

hahahahaha, este senhor é um figura! :) um beijão meu amigo.

Coloribus disse...

Great work, I like much the idea to sketch the life of the street with his "citizens", his "passers "... To see his own city as a foreign country :)

Elias Abdallah Junior disse...

Excelente!

Lucas Lourenço disse...

já vi duas vezes um figura correndo pelo canteiro central da bernardino de campos (lá pros cantos do paraíso). o melhor é que ele se acha o wanderley cordeiro de lima e, enquanto corre, fica cumprimentando e mandando tchauzinho pra galera no trânsito engarrafado. o que, claro, não deixa de ser irônico.

realmente, desenhar gente que se vê na rua é muito legal! mais legal ainda se for de memória.